Conheça o aplicativo Food to Save e não desperdice alimentos
Pular para o conteúdo

Aplicativo Food to Save: sua compra com impacto positivo no bolso e no planeta

São frutas, legumes, verduras, pães, doces e muito mais, com até 70% de desconto!

Anúncios

aplicativo Food to Save
Fonte: Freepik

Com o aplicativo Food to Save, você compra ‘Sacolas Surpresa’ recheadas com produtos frescos, próximos do vencimento ou fora dos padrões estéticos, contudo ainda perfeitos para o consumo.

Então, baixe o app, escolha sua cidade e os tipos de produtos que você deseja. É simples, rápido e sustentável. Junte-se a milhares de pessoas que já combatem o desperdício de alimentos e economizam com o aplicativo Food to Save.

Anúncios

Como surgiu a ideia do aplicativo Food to Save?

A história do Food to Save começou em 2018, quando os fundadores da empresa, André Siqueira e Rodrigo Miranda, depararam-se com a dura realidade do desperdício de alimentos no Brasil.

A cada ano, milhões de toneladas de comida são jogadas fora, enquanto milhões de pessoas passam fome. Desse modo, inconformados com essa situação, André e Rodrigo se propuseram a encontrar uma solução para o problema.

Anúncios

Aliás, eles perceberam também que muitos estabelecimentos enfrentam dificuldades para lidar com os alimentos que não foram vendidos ao final do dia ou que estão próximos da data de validade. Ao mesmo tempo, muitas pessoas procuram alimentos de qualidade a preços acessíveis.

Desse modo, surgiu a ideia de criar uma plataforma digital que pudesse funcionar como um intermediário entre esses dois grupos, permitindo que os consumidores comprem alimentos excedentes a preços reduzidos, ao mesmo tempo em que ajudam a reduzir o desperdício alimentar.

Além disso, os empresários começaram a pesquisar e estudar iniciativas internacionais que combatem o desperdício de alimentos. Após meses de trabalho, desenvolveram o conceito do aplicativo Food to Save.

No mais, de acordo com a empresa, o Food to Save já evitou o desperdício de mais de 100 toneladas de alimentos desde o seu lançamento. Isso equivale a mais de 1 milhão de refeições.

Como funciona o app?

O aplicativo Food to Save funciona como uma plataforma digital que conecta estabelecimentos comerciais e consumidores em busca de alimentos excedentes a preços reduzidos.

Inclusive, o processo é simples e direto: os estabelecimentos cadastram os produtos excedentes disponíveis em seus estoques, incluindo informações como preço, quantidade e prazo de validade. Os consumidores, por sua vez, podem acessar o aplicativo, ver os produtos disponíveis e fazer pedidos diretamente pelo celular.

Uma vez que o consumidor encontra os itens desejados, ele pode selecioná-los, escolher a quantidade desejada e concluir a compra através do aplicativo. Aliás, o pagamento é processado de forma segura, permitindo que os consumidores realizem transações sem sair de casa.

Após a confirmação do pedido, os consumidores podem optar por retirar os produtos no estabelecimento ou, dependendo das opções oferecidas, receber a entrega em sua residência para maior comodidade.

Para os estabelecimentos comerciais, o aplicativo Food to Save oferece uma maneira de reduzir o desperdício de alimentos, evitando que eles sejam descartados. Além disso, também podem aumentar sua base de clientes.

Por outro lado, os consumidores se beneficiam ao ter acesso a alimentos de qualidade a preços reduzidos, economizando dinheiro em suas compras diárias. E tudo isso contribuindo para a redução do desperdício de alimentos e para a promoção da sustentabilidade ambiental.

Outras formas de combater o desperdício de alimentos

O desperdício de alimentos é um problema global com graves impactos sociais, ambientais e econômicos. No Brasil, estima-se que cerca de 30% dos alimentos produzidos sejam jogados fora, o que equivale a um enorme prejuízo para todos.

Sendo assim, existem diversas formas de combater o desperdício de alimentos além do uso do aplicativo Food to Save. Uma delas é a conscientização e educação da população sobre o problema do desperdício alimentar e sobre como reduzi-lo em suas próprias casas.

Desse modo, pode envolver a adoção de práticas como planejamento de refeições, compra consciente, armazenamento adequado de alimentos e aproveitamento integral dos ingredientes, incluindo cascas, talos e sobras.

Além disso, outra estratégia é o apoio a iniciativas de redistribuição de alimentos, que envolvem a doação de alimentos excedentes por parte de estabelecimentos comerciais, produtores agrícolas e empresas alimentícias para organizações sem fins lucrativos.

No mais, políticas públicas e regulamentações podem desempenhar um papel importante na redução do desperdício de alimentos. Por exemplo, ao incentivar práticas sustentáveis em toda a cadeia de produção e distribuição.

Tá na mão! Você já conhecia o aplicativo Food to Save? De qualquer forma, experimente e ajude no combate ao desperdício. Aproveite a visita e conheça a revolução energética: combustíveis renováveis a partir da fotossíntese artificial. Até mais!

Avatar

Gabriel Mello

Mestre em Filosofia e doutorando em Letras. Especialista em SEO, atua há 3 anos com planejamento, produção e revisão textual, garantindo a entrega de um conteúdo relevante e de impacto para e-commerce e e-business.